Pular para o conteúdo principal

Postagens

Carta ao meu antigo eu sobre o que é o amor...

Estive olhando algumas postagens antigas nas quais eu me perguntava e me questionava acerca de tudo e todos. Sempre fui assim e essa me parece ser uma característica eterna minha, sou curiosa e até vejo isso como algo positivo, porque somente a curiosidade me levou às respostas que tanto procurei... E em um dos meus grandes questionamentos de quando era mais nova era "o que era o amor?". Como leiga no assunto, naquela época, eu não sabia definir nada, muito menos o que era o amor. Eu sentia, admirava certas coisas, mas amar, eu não sabia, em palavras o que era. E é possível ver essa curiosidade sobre esse assunto com certa imaturidade nesse postagem aqui.

Então, relembrando minhas postagens antigas, um tanto quanto imaturas, eu decidi responder esse questionamento ao meu "eu" antigo. Decidi falar, por meio de palavras escritas e com um pouco mais de experiência agora, o que é o amor e o que é amar. Talvez tenha alguma menina ou menino tão curiosos e jovens quanto e…
Postagens recentes

De braços abertos ao vento

Senti o ar ali estar e o vento então soprar. O vento realizava a sua dança ilustre pelo ar enquanto o ar fazia o seu papel, acolhendo-o na calmaria de sua existência. Paz. Calma. Ar. Vento. Tudo isso em apenas um lugar. Alegria. Leveza. Alma. Corpo. Mente. Eu. E eu mesma. Ninguém mais ali. Mil pensamentos e uma única certeza: aquele momento iria passar, assim como todos os outros, e então ele se faria passado entre tantas outras experiências que vivi e pude guardar... Onde então eu estaria dali há um ano? Já não sabia...

Ouvi o som dos pássaros, era uma música de fundo ali a tocar. Nada mais me importava se não aproveitar. Olhei para o céu e agradeci, a felicidade é tão simples, como eu poderia não enxergar? Entendi então com o que eu realmente deveria me importar. Sentir o ar, suspirar, me espreguiçar, amar, olhar, respirar, ouvir, os sentidos, a saúde, as emoções. Nada de dinheiro ou coisas do tipo. A felicidade é simples, bastava a mim acreditar.


De braços abertos ao vento pude ver…

Como fazer os sonhos virarem realidade?

Metas? Todos temos. E sonhos então? Eu tenho uma infinidade deles e é incrível como eles nunca param de nascer. Mas as vezes se eu não faço algo por eles, eles ficam lá voando e quando menos espero estão tão longe de mim que posso até me distanciar de quem sou. Os sonhos fazem parte do que somos, estão na nossa essência e em nossa alma. E as metas? Ah elas servem para realizá-los não é mesmo? Na teoria sim, mas na prática as vezes fica mais difícil. E hoje, como postagem de início de ano, eu decidi mostrar algumas coisas que eu faço para realizar os meus sonhos e sério, se eu esquecer de alguma dessas coisas eles simplesmente não acontecem. Por isso a frase "sonhar é fácil, mas realizar nem tanto" é verdadeira, podemos sonhar e realizar tudo o que queremos, mas é preciso tomar uma boa dose de disciplina, determinação e persistência antes disso!

Então, o que eu faço afinal? Eu sigo um tipo de passo a passo dos sonhos rs, ele é super simples e é assim:

1º Eu anoto TODOS os meus…

17 coisas que aprendi em 2017

O ano está terminando e isso não é novidade né pessoal? Então, para fechar o ano eu decidi fazer uma retrospectiva de aprendizados. Decidi ver todas as situações como formas de eu aprender algo diferente, seja uma situação boa ou ruim, decidi tirar o que aprendi em cada uma delas e colocar aqui para quem sabe ajudar alguém. Tinham coisas que eu já sabia, tinha uma noção, mas com o tempo deixei de lado e precisei reaprender. Então é uma lista de aprendizados e reaprendizados tá bom? Vamos ver?

1 - Se você não gosta de certa atitude de alguém, simples, faça diferente
Eu tinha uma mania feia e chata de ver alguma característica de alguém, seja próximo ou não, e me sentir incomodada por aquilo e nada fazer, apenas me afastar e ficar no meu canto pensando naquilo. E as vezes, fiquem surpresos ou não, eu agia da mesma forma, ou então agia pior ainda. Esse ano eu entendi que eu devo ver esses comportamentos e simplesmente fazer diferente. Se eu acho alguém infantil, ver uma pessoa que é adul…

Perdão

Palavra tão bonita, muito praticada ou não. Não dá para saber, não sabemos o que cada um carrega dentro de si. Não sabemos quais são os buracos dos corações alheios que passam diariamente pela gente. Ainda não conseguimos enxergar a alma de quem cruza o nosso caminho, afinal, será que é mesmo uma alma que pratica o perdão? Nunca saberemos... A única coisa que posso ter certeza é que mais do que uma palavra bonita o perdão é algo praticamente vital em nossas vidas e quando vem acompanhado de reconciliação então? Melhor ainda!

Muitos dizem "perdoe", mas poucos sabem explicar sobre o que é o tal do perdão e como fazemos para praticá-lo. Outros ainda o atribuem apenas a uma norma religiosa ou coisas do tipo. Eu tenho dificuldade de perdoar, para mim não é uma coisa tão simples assim e é preciso assumir e conviver com as nossas fraquezas. Assumir é sempre o primeiro passo para melhorar algo. E sim, essa é uma das minhas dificuldades. Mas a boa notícia é que eu descobri que, como …

Hoje eu só decido ser feliz...

Hoje eu decidi colocar o meu melhor sorriso. Hoje eu decido, mais do que nunca, parar de sofrer com tudo o que me fez chorar. Hoje eu decido colocar um ponto final em todas as dores que me pareciam eternas. Hoje, e tão somente hoje, eu decido voltar a fazer todas as coisas que me faziam sorrir, mesmo que de início não me façam sorrir tanto. Hoje eu decido sair do papel de vítima que encenei por tanto tempo, para protagonizar uma linda história que vem pela frente. Hoje eu decido me amar, e isso não quer dizer que decido me sentir linda, perfumada e tirar várias fotos para postar em algum lugar, isso quer dizer que hoje eu decido aceitar que não sou perfeita e nunca serei, mas a tentativa em ser um bom ser humano vale mais do que qualquer perfeição.

Hoje eu decido olhar com mais carinho para tudo o que me aconteceu e para mim mesma. Parece loucura interpretar as coisas dolorosas dessa maneira, mas existe alguma outra? Ainda não encontrei, por isso, hoje decido ressignificar tudo o que …

Porque viver é como andar de patins...

Viemos ao mundo e então não entendemos muito o que estamos fazendo aqui e nem por qual caminho é melhor seguir. Seguimos cambaleando, nos apoiando em alguns conselhos dos mais velhos. Ouvimos "vá por aqui" ou "vá por ali", "é melhor você não fazer isso", "você vai se machucar", "pare de fazer dessa forma" e por aí vai... Todas são tentativas de nos fazer viver melhor e sermos realmente felizes. E então ouvimos a grande maioria dos conselhos achando ser o melhor a se fazer e não vivemos de verdade ou então vivemos sim, mas de acordo com as expectativas e conselhos alheios.

Quando menos esperamos bum! Caímos, erramos feio, nos machucamos por termos ido um caminho que achávamos ser o certo. O erro está ali não há muito o que se fazer, a não ser levantar, erguer a cabeça e seguir em frente. Os conselhos? Ouvimos sim, mas eles não puderam evitar a queda. Nos sentimos mal por termos causado algumas consequências não tão agradáveis e por veze…