Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2015

O famoso bolo de KitKat!

Olá pensadores, como vocês estão? Espero que ótimos! Nesse post mostrarei como fiz o tão famoso bolo de KitKat. Fiz duas vezes já e muitos dos meus amigos e parentes não acreditaram que fui eu que fiz porque ficou lindo! Vou detalhar a receita ao máximo pra não sobrarem dúvidas mas caso sobre é só comentar com a pergunta.
E só pra esclarecer aos meus seguidores: não estou conseguindo responder aos comentários, não sei o porquê, desapareceu a opção responder ao comentário e aí fica ruim eu comentar pra responder a todos(as), por isso peço perdão, até eu arrumar ficará assim.
Voltando ao post, vou mostrar como ficaram os bolos das duas vezes que fiz. Na primeira vez decorei com azul (fita e laço)porque era pro aniversário do meu príncipe:
E da segunda vez decorei com rosa (fita) elilás (laço)para o meu aniversário, e dessa forma você pode decorar da cor que quiser, só depende do gosto do aniversariante.
E aí vai a receita... Ingredientes da massa: 2 pacotes de bolo pronto de Chocolate (fa…

O que houve entre nós?

E quando achávamos que nossos destinos estavam separados para sempre, vem a vida e nos dá a chance do recomeço, ou melhor, do novo começo. O que bastou foi aceitar e assumir que te amo, não há como pensar em não estarmos juntos, você é meu príncipe e eu sua eterna princesa.

Maturidade, eis-me aqui

Eu cheguei como um furacão, apareci mexendo com todas as suas emoções. E depois disso, qual foi a sua reação? Ah, você deu uma pequena desanimada, mas logo percebeu que algo precisava mudar e esse algo era a sua mente. Eu mexi com você, e prazer, me chamo maturidade! Cheguei pra arrebentar e mostrar que os pensamentos precisam mudar usando de mim. Ainda bem que você não me desperdiçou, você me acolheu. Você notou minha importância. Eu te faço crescer e te mostro o que te faz bem. Te mostro o que é a verdadeira felicidade. A felicidade madura, um equilíbrio entre emoções, nem sempre boas mas satisfatórias, e escolhas, que te fazem uma pessoa melhor. Ah, que bom que você me deixou entrar e agora é o que é, uma pessoa madura!

A carência do mundo

O mundo carece de autenticidade. O mundo carece de olhar nos olhos. O mundo carece de sorrisos. O mundo carece de "Bons dias" verdadeiros. O mundo carece de gargalhadas de manhã. O mundo carece de caridade. O mundo carece de um "eu sei que não está bem, pode contar comigo". O mundo carece de amigos no trabalho. O mundo carece de amor, daqueles de verdade, que não te largam no pior momento. O mundo carece de sorrisos vindos da alma. O mundo carece de ações e menos críticas. O mundo carece de positividade. O mundo carece de doçura nas palavras. O mundo carece de hostilidade. O mundo carece de gentileza. O mundo carece de mais "obrigado" aos cobradores de transporte coletivo. O mundo carece de um sorriso pro motorista do ônibus que parou para você quando você deu o sinal. O mundo carece de cor, cor nas roupas que refletem o colorido do coração. O mundo carece do que você quer fazer e tem vergonha. O mundo carece de abraços apertados. O mundo carece de mais …

Em 2015 eu li... Faça amor, não faça jogo, De Ique Carvalho

Na verdade ainda estou lendo (detalhe). Pensadores, olha que lindo esse livro, estou apaixonada e super recomendo.
O design, próprio da editora Gutenberg, já nos encanta. Antes de tudo preciso explicar o porquê desse livro existir: foi uma forma de o autor Ique Carvalho espalhar o amor pelo mundo de forma impressa. Ele é o autor do blog The Love Code, um blog lindo que espalha o que? Textos sobre o AMOR e a VIDA, tem coisa melhor? 
O livro Faça amor, não faça jogo é uma combinação de vários textos que nos envolvem, cada texto tem seu título e cada título tem sua página como mostro na imagem a seguir:
E agora, vou postar um texto só pra você ficar na vontade de comprá-lo e se encantar assim como eu estou fazendo há um tempo... É o texto cujo título é O que mais? e que aborda os motivos pelos quais vale a pena abrir mão de muitas mulheres/homens por uma só/um só, e olhem que os motivos são muitos e mais do que tocantes.

"Hoje um amigo perguntou:
“Ique, tem 18.000 mulheres querendo sair …

Brigadeiro de Leite Ninho - Recheado ou não :P

Olá meus pensadores preferidos!!! Agora desvendarei o mistério de como fiz essas delícias aqui: Usei para a massa:
1 lata de leite condensado
4 colheres de sopa de leite em pó
1 colher de sopa de margarina

Usei para rechear:
Aproximadamente 30 uvas, depende da quantidade de bolinhas que conseguir fazer

Usei para enfeitar:
Aprox. 2 colheres de sopa de leite em pó
Confeitos (confetes, mm's)

Como eu fiz:
Gente é muito fácil, é igualzinho o brigadeiro de chocolate em pó mas é branco olha que mara *-* Basta colocar o leite condensado, a manteiga e o leite em pó (aos poucos, com calma para não empelotar) e mexer sem parar até a massa desgrudar da panela, não é ótimo? Depois espere esfriar e enrole na mão mesmo e recheie com uma uva cada (pode ser usado outros recheios como creme de avelã ou outro que a criatividade permitir) passando sempre a margarina na mão para facilitar o manuseio da massa. Quando todas as bolinhas estiverem enroladas e recheadas é hora de passá-las no leite em pó seco…

Faça você mesmo e divirta-se fazendo :)

Geeeeente, eu só invento moda né rsrs, adoro! E isso ajudou no Natal, pois mesmo desempregada consegui fazer uma decoração que todos os parentes e amigos gostaram (bonita e barata). Então, vamos conferir como foi essa bagunça tão divertida?
Comecei selecionando os papéis que eu poderia usar e sempre os tenho em casa, são papéis do tipo que são usados para origamis entre artes.
Depois, desenhei e recortei objetos próprios do natal (árvores, bolas de natal para as árvores e até as botinhas do papai noel). E nem precisa ser tão bem desenhado assim olhem:


Colei as bolinhas nas árvores assim:







Logo depois, furei as árvores de natal com esse furador super fofo de lacinho:










E aí vocês devem estar se perguntando: o que ela fez com os papéis que sobraram dos recortes? Bem, eu usei! rs e fiz folhinhas assim:


E por último colei pedaços de papel marrom embaixo das árvores simbolizando os troncos, e o resultado foi esse:
E com todos os itens natalinos prontos colei-os na parede e ficou lindo assim:
E…

Em 2015 eu li... A última carta de amor, de Jojo Moyes

Estreando a TAG do ano "Em 2015 eu li" agora, trata-se de uma tag na qual colocarei minha opinião sobre os livros que lerei e que já li também (em 2014, 2013 e etc, por que não? rs) porque simplesmente amo fazer isso.
E esse ano comecei bem, terminei de ler o livro que iniciei ano passado e agora já posso me posicionar sobre ele pra quem quiser lê-lo futuramente. E aí vai:
Confesso que no início não gostei porque o livro abordava a história em diferentes ambientes que se intercalavam e aquilo estava me deixando confusa. Mas como não consigo deixar minha curiosidade de lado em saber o desfecho da história (como sempre) eu o li até o fim!
Sendo este livro dividido em três partes comecei a me interessar mais pela história à partir da segunda.
A narrativa (em 3ª pessoa) conta uma história de amor que não pôde ser vivida como os protagonistas gostariam e dessa forma esse amor proibido é alimentado por cartas que (para o azar e tristeza do casal) nem sempre chegavam ao destinatári…