Pular para o conteúdo principal

Em 2015 eu (quase) li... A mais pura verdade

O porquê do quase? Então, eu recebi uma amostra do livro que será lançado dia 23 de março e que contém 6 capítulos apenas, logo não o li por inteiro mas espero lê-lo com certeza!
Livro: A mais pura verdade.
Autor: Dan Gemeinhart.
Editora: Novo Conceito.
Lançamento: 23 de março de 2015.
Quantidade de páginas da amostra: 95.
Começaremos pela diagramação do livro: a disposição das palavras tanto na capa quanto na contra capa são exóticas assim como a divisão dos capítulos, pois além dos títulos deles existem os subtítulos como vou mostrar nas figuras abaixo:
Capa - Atentem-se disposição do nome do livro e do nome do autor
Contra-capa+ Capa - Prestem atenção na apresentação da sinopse diferente e bonita

Subtítulo, no caso do capítulo 3 é o 3 e meio *-*
E dando continuidade, agora é a hora do conteúdo da narrativa: Desde o início é o mistério que paira pela história já que é caracterizada por um garoto de uns 12 anos de idade (se não me engano) que resolve fugir da sua casa. O mistério está no motivo da fuga: será que ele tinha problemas com os pais dele? Será que ele tinha algum problema a ser resolvido de forma solitária no mundo? Será que nessa idade ele já queria tornar-se uma pessoa independente e totalmente dona de seus atos? Ninguém consegue responder essas questões até chegar em um capítulo, do qual não recordo o número, mas que está entre os 6 primeiros, no qual ele relata sua tristeza perante a doença que tende a consumi-lo cada vez mais e que o faz fugir de sua própria casa. A doença não será revelada aqui e nem o destino dele nesta longa e inusitada viagem, pois para isso será necessário ler o livro que está prestes a sair e ficaremos assim, no aguardo e ansiosos. Eu também não sei os mínimos detalhes, mas estou ansiosa para sabê-los e contar aqui no Suave Pensamento.
Lembrando que falei dos capítulos e subcapítulos ou títulos e subtítulos: os capítulos relatam a história pelos olhos do protagonista e os subcapítulos relatam os sentimentos de quem ficou em casa (mãe, pai e sua melhor amiga) que não sabem o porquê da fuga do protagonista e nem seu paradeiro.
 Espero que minhas impressões sobre o livro te despertem a vontade em lê-lo assim como eu quero!
Beijocas e Paçocas :*

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfim encontrei

Enfim encontrei um novo motivo para sorrir. Em meio ao caos, em meio a dor, em meio a solidão a escrita fez morada. Entre mil e um motivos para chorar eu pude voltar a sorrir. Por meio da escrita pude deleitar-me sobre as palavras e os sentimentos então expressar. A caminhada não foi fácil, mas o gosto do encontro fez valer a pena. No meio da vida, isso pode acontecer com qualquer um, e comigo aconteceu. Eu então me perdi. Fotografias, textos e lembranças vinham como uma ponta de luz na escuridão que o mar de desencontros me proporcionou. Mas, enfim encontrei.

Nessa caminhada muitos me ajudaram. O que eu não entendia era que quem tinha o mapa em mãos era eu. Ninguém mais, ninguém menos que eu mesma tinha o poder em mãos, o poder de me reencontrar. Enquanto esperei por todos a minha volta, o mar de desencontros apenas ficava mais fundo. E o encontro que tanto almejava apenas se afastava. Mas eu enfim encontrei. A escrita foi a minha grande aliada. Por meio dela pude reencontrar quem eu…

Hoje é tempo de regar

Hoje é tempo de regar. Hoje é tempo de cultivar aquilo que quero viver. Hoje é tempo de amar. Hoje é tempo de fazer o que eu ainda não fiz e manter aquilo que de bom já fiz. Hoje é tempo de agradecer mais em vez de reclamar. Hoje é tempo de escolher qual é o tipo de vida que eu quero viver. Hoje é tempo de ser quem eu sempre quis ser. Hoje é tempo de agir. Hoje é tempo de pensar, mas é tempo de respirar também. Hoje é tempo de relaxar, apenas trabalhar também não dá. Porque um dia, ah, um dia, todos iremos colher...

Hoje é tempo de investir. Hoje é tempo de brilhar. Hoje é tempo de reavaliar. Hoje é o tempo perfeito para olhar mais para o meu jardim. Hoje é tempo de escolher as sementes que quero plantar. Hoje é tempo de me conhecer. Hoje é o dia perfeito para regar em vez, novamente, de reclamar. Hoje é tempo de olhar com mais carinho para aqueles que quero por perto. Hoje é tempo de perdoar. Hoje é tempo de pedir perdão. Hoje é tempo de se priorizar. Hoje é tempo de plantar. Hoje é…

Série "Eu saí da depressão, você também pode!" - Início

Eu sempre sonhei em ajudar pessoas. Não sei por qual motivo em qualquer situação que algum ser humano estivesse em dificuldade estava lá eu ouvindo e dando altos conselhos. No início do Suave Pensamento eu fiz isso e ao longo do tempo (na vida real rs) também, eu só não imaginava a proporção que isso poderia tomar. Não imaginava que aqui poderia se tornar um lugar que sim eu pudesse ajudar o maior número de pessoas possível. Hoje em dia o Suave Pensamento se tornou esse lugar, um lugar de acolhida e de auxílio por meio das palavras. E assim vai ser com a Série que, desde os tempos de depressão, eu estava querendo criar e que se chamará "Eu saí da depressão, você também pode!".

Vamos entender um pouco mais dessa história?

Há 4 anos atrás eu entrei em depressão. Devido a inúmeros acontecimentos em minha vida que não soube lidar e maus hábitos (falta de equilíbrio entre as áreas da vida - a vida não é só estudo e trabalho não viu! rs) o corpo e a mente não aguentaram e pediram …