Pular para o conteúdo principal

Ah se tudo fosse menos complicado.

Na verdade as coisas não são complicadas, é o ser humano que complica e bota a culpa nelas. É, a vida não é tão difícil quanto parece, são as pessoas que fazem dela uma coisa muito difícil de viver. A sua vida não está uma merda, o que está uma merda é tudo o que acontece, ou seja : tudo o que as pessoas estão fazendo com você são uma merda. Se você se sente assim tudo bem, o problema é fazer disso um impecilho para viver, um obstáculo para mostrar quem você realmente é.
To escrevendo isso baseada nos fatos que acontecem comigo e com as pessoas que me rodeiam. Eu fico pensando em como o mundo poderia ser bem melhor. As pessoas poderiam ser mais compreensivas, poderiam ser menos egoístas e esnobes (como odeio gente esnobe, tenta ser humilde e simples uma vez na vida por favor ? argh!), poderiam dar mais valor a quem realmente as ama. E eu fico nessa: o que eu fiz de errado pra tal pessoa me tratar desse jeito? No que eu falhei ? Será que o que fiz pesou tanto na maneira com que me tratava. Parece-me que sim. Um simples bom dia não é olhado como um bom dia. Um simples bom dia poderia ser respondido reciprocamente, mas as pessoas insitem em ser mesquinhas, irritantes e esnobes de manhã.
Fico pensando no que poderia fazer para ter aquela pessoa de volta. Puxa vida! Eu só queria te ter como amigo, não quero nada além disso. E isso parece ser tão idiota pra você. Na verdade eu sou idiota pra você. Mas você é bem mais pra mim. Sim, um idiota que vive a vida preso nas coisas do passado e que não sabe aproveitar os momentos maravilhosos que a vida o proporciona(ora únicos, ora os últimos). Será que é tão difícil assim ter uma amiga chamada Caroline Guccione na sua vida ? Puotz, se tudo fosse tão difícil dessa maneira a vida seria mais fácil.
E eu fico aqui, nessa anciedade, nesse desespero, e a pessoa tá lá, nem sabe quem sou eu numa hora dessas, mas será que lembra o que eu fiz por ele ? Nem sei...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Hoje é tempo de regar

Hoje é tempo de regar. Hoje é tempo de cultivar aquilo que quero viver. Hoje é tempo de amar. Hoje é tempo de fazer o que eu ainda não fiz e manter aquilo que de bom já fiz. Hoje é tempo de agradecer mais em vez de reclamar. Hoje é tempo de escolher qual é o tipo de vida que eu quero viver. Hoje é tempo de ser quem eu sempre quis ser. Hoje é tempo de agir. Hoje é tempo de pensar, mas é tempo de respirar também. Hoje é tempo de relaxar, apenas trabalhar também não dá. Porque um dia, ah, um dia, todos iremos colher...

Hoje é tempo de investir. Hoje é tempo de brilhar. Hoje é tempo de reavaliar. Hoje é o tempo perfeito para olhar mais para o meu jardim. Hoje é tempo de escolher as sementes que quero plantar. Hoje é tempo de me conhecer. Hoje é o dia perfeito para regar em vez, novamente, de reclamar. Hoje é tempo de olhar com mais carinho para aqueles que quero por perto. Hoje é tempo de perdoar. Hoje é tempo de pedir perdão. Hoje é tempo de se priorizar. Hoje é tempo de plantar. Hoje é…

Enfim encontrei

Enfim encontrei um novo motivo para sorrir. Em meio ao caos, em meio a dor, em meio a solidão a escrita fez morada. Entre mil e um motivos para chorar eu pude voltar a sorrir. Por meio da escrita pude deleitar-me sobre as palavras e os sentimentos então expressar. A caminhada não foi fácil, mas o gosto do encontro fez valer a pena. No meio da vida, isso pode acontecer com qualquer um, e comigo aconteceu. Eu então me perdi. Fotografias, textos e lembranças vinham como uma ponta de luz na escuridão que o mar de desencontros me proporcionou. Mas, enfim encontrei.

Nessa caminhada muitos me ajudaram. O que eu não entendia era que quem tinha o mapa em mãos era eu. Ninguém mais, ninguém menos que eu mesma tinha o poder em mãos, o poder de me reencontrar. Enquanto esperei por todos a minha volta, o mar de desencontros apenas ficava mais fundo. E o encontro que tanto almejava apenas se afastava. Mas eu enfim encontrei. A escrita foi a minha grande aliada. Por meio dela pude reencontrar quem eu…

Afinal, o que é a depressão e como identificar? - Eu saí da depressão, você também pode!

Olá pensadores lindos! Tudo bem? Espero que sim viu *-*

Na postagem de hoje para a série "Eu saí da depressão, você também pode!" eu decidi definir em palavras o que é a DEPRESSÃO. É uma doença? É um problema espiritual? É um drama ou frescura da pessoa? Afinal, o que é a depressão? E tenho dois propósitos com ela: o primeiro é ajudar quem está nessa a entender o que se passa com ela para então buscar uma SOLUÇÃO e o segundo é um alerta para quem está de fora (família, parentes, amigos), para que possa compreender o que é a depressão e assim ajudar quem passa por ela. Dessa vez vou contar com a ajuda da minha psicóloga para realizar a postagem (olha que responsabilidade hein) respondendo a perguntas feitas por pessoas no grupo do Efeito Orna. Vamos lá?

Lembrando que já temos três postagens para a série, que são:
Início - Aqui é a postagem de inauguração na qual eu explico o que é a série e o propósito dela.
Sinais durante a vida - Nesta postagem eu já falo alguns sinais que, e…