Pular para o conteúdo principal

Está todo mundo desunido e ninguém está ligando pra isso

É triste perceber que estou sozinha nessa. Sempre lutei por um mundo lindo e maravilhoso. Eu aprendi a viver assim. Sempre quis que as pessoas fossem preocupadas umas com as outras, mas preocupadas verdadeiramente e não de faixada. Eu era assim, e ainda sou, basta surgirem as oportunidades para eu mostrar. O prolema é que nem sempre essas oportunidades existem...
Fonte da imagem
Eu vivo num mundo que eu mesma desconheço. Aprendi valores de amor e solidariedade que carrego comigo por onde vou, mas que nem sempre posso mostrar. Praticamente nunca. As vezes parece feio mostrar que você ama e quer ajudar alguém seja solucionando uma dúvida ou auxiliando numa dificuldade até simples da vida da pessoa. É feio você mostrar que está realmente preocupado com a dor de cabeça da sua colega de trabalho. É feio você dar um bom dia para quem você "não vai muito com a cara". É pior ainda você sorrir para quem você se difere.

Sempre soube que não existiriam pessoas iguais, não ligo pra isso. O que me incomoda é o fato de que, sendo diferentes, não posso me enturmar, não posso sorrir, vão achar estranho. Pensarão "mas você não é a favor de tal coisa?", "mas você não é religiosa?", "por que então, está sorrindo pra mim e falando comigo?". Mesmo sabendo que as pessoas não são iguais eu sempre gostei de me enturmar com elas. Sinto falta de abertura pra isso e sinto falta de acolhida pra isso. Alguns me acharão carente ou sensível demais, é que eu tinha esquecido, é muito feio e errado ser sensível neste mundo. Você tem que ser duro e andar só com quem você fala e ouvir absurdos sobre a sua opinião correndo risco de morte caso queira contrariá-las.

Eu vivo num mundo no qual não concordo com a maior parte das coisas que acontecem nele. É que eu fui criada para doar, amar, sorrir e ajudar. Pra muitos é a forma errada de crescer, mas pra mim é a forma mais harmoniosa de viver. Viver sorrindo, viver amando. O que há de errado nisso? O mundo está desunido e pelo jeito só eu estou preocupada com isso por aqui. É muito triste se sentir sozinho e impotente vendo essa situação se alastrar cada dia mais. A desunião é muito mais passada de um pro outro do que a união. Não existe o lema "vamos fazer juntos pra sair melhor". O que existe é "sai da frente que to passando, a minha vida precisa andar".

Este é mais um relato de quem se indigna com o mundo em que está vivendo e se você é uma pessoa assim junte-se a mim, quem sabe não podemos amar, doar e viver assim no mundo?

Comentários

  1. É realmente triste ver o caminho que a humanidade está seguindo.. pessoas cada vez mais individualistas que mal olham para o próximo! Mas também sou assim como você e ainda bem que ainda existem pessoas como nos! (:
    Beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah que bom que você é assim, fico feliz, obrigada. Beijocas!

      Excluir
  2. Nesse mundo onde ninguém pode demonstrar amor a ninguém só nos resta pedir a Deus que tenha misericórdia de nós.
    Compartilho da mesma opinião,a união faz a força e acredito nisso,mais quem vai querer se unir hoje ?
    Estão passando por cima de tudo e todos para conseguirem o que querem.Absurdo.

    http://karoline-o-meu-melhor.blogspot.com/2015/08/onde-estara.html

    ResponderExcluir
  3. Carol o mundo a cada dia anda pior, todo mundo só quer saber de si e não olha para o próximo que pode estar até precisando de algo, Carol seguindo seu blog beijos.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Carol, isso é verdade. A única solução é a gente tentar mudar e fazer a diferença pra quem está a nossa volta. Beijo grande

    já estou seguindo o blog. www.vestidoetenis.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso que procuro fazer diariamente *-* beijocas!

      Excluir
  5. Gostei muito, Caroline, vai em frente!
    Krishnamurti já dizia: "Não é sinal de saúde estar muito adaptado a uma sociedade doente."
    Carente você não é mesmo. Os carentes cedem nos princípios básicos só para agradar outros. Você tem por princípio fazer o seu melhor. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por esse comentário, eu realmente nunca estive muito satisfeita com nossa sociedade e é isso que a move não é? A insatisfação :) beijocas, volte sempre

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O dia em que deixei de me afogar e aprendi a nadar sozinha

Senti desespero. Me senti sozinha mesmo estando entre tantas pessoas. Eram pessoas que me amavam, eu sei disso. Cuidavam de mim. Eram meus amigos. Por que tanto medo? Por que tanto receio? Por que esse desespero? Eu não sei. Simplesmente sentia e vinha como um furacão, era apenas um pensamento e pronto: desespero, confusão e angústia tomavam conta de mim. Eu não entendia e ninguém entenderia. Como entenderiam algo que nem mesmo quem sente entende? Me sentia perdida e só. Me sentia confusa e incompreendida. Não me sentia eu e isso era péssimo. O que estava acontecendo? Por que sentir tudo aquilo?
Você estava ao meu lado, você sempre esteve. Obrigada. Conversei contigo, desabafei e tive vontade de chorar... E chorei. Precisava daquele momento. Estranho momento. Você me ouviu, assim como alguém que ouve atentamente ao recado de alguém para saber o que fazer depois. Você me ouviu, processou o que eu te dizia e logo percebeu quantas asneiras e peripécias a minha mente criara. Já não era eu…

Hoje é tempo de regar

Hoje é tempo de regar. Hoje é tempo de cultivar aquilo que quero viver. Hoje é tempo de amar. Hoje é tempo de fazer o que eu ainda não fiz e manter aquilo que de bom já fiz. Hoje é tempo de agradecer mais em vez de reclamar. Hoje é tempo de escolher qual é o tipo de vida que eu quero viver. Hoje é tempo de ser quem eu sempre quis ser. Hoje é tempo de agir. Hoje é tempo de pensar, mas é tempo de respirar também. Hoje é tempo de relaxar, apenas trabalhar também não dá. Porque um dia, ah, um dia, todos iremos colher...

Hoje é tempo de investir. Hoje é tempo de brilhar. Hoje é tempo de reavaliar. Hoje é o tempo perfeito para olhar mais para o meu jardim. Hoje é tempo de escolher as sementes que quero plantar. Hoje é tempo de me conhecer. Hoje é o dia perfeito para regar em vez, novamente, de reclamar. Hoje é tempo de olhar com mais carinho para aqueles que quero por perto. Hoje é tempo de perdoar. Hoje é tempo de pedir perdão. Hoje é tempo de se priorizar. Hoje é tempo de plantar. Hoje é…

Carta ao meu antigo eu sobre o que é o amor...

Estive olhando algumas postagens antigas nas quais eu me perguntava e me questionava acerca de tudo e todos. Sempre fui assim e essa me parece ser uma característica eterna minha, sou curiosa e até vejo isso como algo positivo, porque somente a curiosidade me levou às respostas que tanto procurei... E em um dos meus grandes questionamentos de quando era mais nova era "o que era o amor?". Como leiga no assunto, naquela época, eu não sabia definir nada, muito menos o que era o amor. Eu sentia, admirava certas coisas, mas amar, eu não sabia, em palavras o que era. E é possível ver essa curiosidade sobre esse assunto com certa imaturidade nesse postagem aqui.

Então, relembrando minhas postagens antigas, um tanto quanto imaturas, eu decidi responder esse questionamento ao meu "eu" antigo. Decidi falar, por meio de palavras escritas e com um pouco mais de experiência agora, o que é o amor e o que é amar. Talvez tenha alguma menina ou menino tão curiosos e jovens quanto e…