Pular para o conteúdo principal

Unhas Marmorizadas - Tutorial

Será que vocês já perceberam que sou viciada em esmaltes? Se não, percebam! Eu amo esmaltes *-* e vivo inventando moda com eles. Essa é mais uma... Unhas Marmorizadas!
Vem cá, vou te ensinar como fiz :)

De cara vai um segredinho: prefiro os esmaltes da Marca Colorama pra fazer, eles costumam dar mais certo.

1º Selecionei os esmaltes que usaria pra fazer (marca, cor e função na legenda):
1 - Marca Risqué - Cobertura Brilhante: Usei como base antes de iniciar o processo.
2 - Marca Colorama - Pétala Branca: Passado sobre a base para servir também de base para o efeito marmorizado.
3 - Marca Colocama - França: Uma das cores do marmorizado.
4 - Marca Colorama - Rosa Pink: Uma das cores do marmorizado.
5 - Marca Colorama - Azul Celeste: Uma das cores do marmorizado.
6 - Marca Nati - Chuva de Prata: Usado pra finalizar.

2º Passei a base nas unhas para iniciar:
3º Passei uma camada do esmalte Pétala Branca da Colorama para servir de base para o efeito marmorizado - é bom passar um esmalte branco como fundo porque ele irá destacar as cores selecionadas.
Obs.: Esqueci de tirar a foto com as unhas em branco e postei só a foto do esmalte mesmo hehe.

4º Coloquei água no potinho (aqui é o início do processo da Nail Art):
5º Iniciei o processo gotejando um por um os esmaltes que escolhi para a arte. Você deve gotejar uma gota de cada cor e o esmalte deve "abrir na água". Aqui na foto dá pra entender melhor:
6º Fui gotejando até ficar como na foto, intercalando entre o azul celeste, o rosa pink e o frança (ambos da Colorama, porque eles "abrem" mais facilmente assim como aparece na foto):
O palito pode ser usado para "bagunçar as cores" dando um movimento e um formato diferente no marmorizado.

7º Aqui vai o processo de aplicação, deve ser colocado dedo por dedo na água na posição mostrada na foto, nada de colocar os cinco dedos da mão de uma vez só viu:

8º Depois disso os dedos ficam sujinhos assim:
E nada como uma acetona e um glitter pra resolver :)
Pronto, agora é só sair e arrasar!
Beijocas e Paçocas :*

Comentários

  1. Menina, achei que era um processo super complexo! tô em choque! Claro que faz uma baguncinha, mas o resultado fica muito massa <3 arrasou muito! beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu como é simples :) é a única parte chata é a meleca, mas acetona resolve hehe. Que bom que gostou! Beijos

      Excluir
  2. Adorei, já tentei fazer esse negócio na água uma vez mas não deu certo :/
    Mas as tuas unhas ficaram lindas!
    Bolicho da Guria
    Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor! Então tenta seguir o que falo no post sobre o esmalte a usar, nem sempre o esmalte dá certo, eu por ex, prefiro os da colorama pra fazer *-*
      Beijocas!

      Excluir
  3. Tuas unhas ficaram lindas! Parece ser um pouco complicado de fazer né? Vou tentar assim que minhas unhas crescerem um pouco, pois desse tamanho acho que não ficaria muito legal :/ Beijos

    www.pumpcolor.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor *-* Então, não é complicado, talvez as primeiras vezes sim, mas com a prática fica facinho, pra mim a parte mais chata é a de limpar os dedos :)
      Beijocas

      Excluir
  4. Que unha lindaaaa <3 amei demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor, que bom que gostou *-* beijocas

      Excluir
  5. Ficou bem legal.
    Ando fazendo , mas de outra forma sem tanta sujeira.rs

    Bjim ...
    blog Usei Hoje

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O dia em que deixei de me afogar e aprendi a nadar sozinha

Senti desespero. Me senti sozinha mesmo estando entre tantas pessoas. Eram pessoas que me amavam, eu sei disso. Cuidavam de mim. Eram meus amigos. Por que tanto medo? Por que tanto receio? Por que esse desespero? Eu não sei. Simplesmente sentia e vinha como um furacão, era apenas um pensamento e pronto: desespero, confusão e angústia tomavam conta de mim. Eu não entendia e ninguém entenderia. Como entenderiam algo que nem mesmo quem sente entende? Me sentia perdida e só. Me sentia confusa e incompreendida. Não me sentia eu e isso era péssimo. O que estava acontecendo? Por que sentir tudo aquilo?
Você estava ao meu lado, você sempre esteve. Obrigada. Conversei contigo, desabafei e tive vontade de chorar... E chorei. Precisava daquele momento. Estranho momento. Você me ouviu, assim como alguém que ouve atentamente ao recado de alguém para saber o que fazer depois. Você me ouviu, processou o que eu te dizia e logo percebeu quantas asneiras e peripécias a minha mente criara. Já não era eu…

Hoje é tempo de regar

Hoje é tempo de regar. Hoje é tempo de cultivar aquilo que quero viver. Hoje é tempo de amar. Hoje é tempo de fazer o que eu ainda não fiz e manter aquilo que de bom já fiz. Hoje é tempo de agradecer mais em vez de reclamar. Hoje é tempo de escolher qual é o tipo de vida que eu quero viver. Hoje é tempo de ser quem eu sempre quis ser. Hoje é tempo de agir. Hoje é tempo de pensar, mas é tempo de respirar também. Hoje é tempo de relaxar, apenas trabalhar também não dá. Porque um dia, ah, um dia, todos iremos colher...

Hoje é tempo de investir. Hoje é tempo de brilhar. Hoje é tempo de reavaliar. Hoje é o tempo perfeito para olhar mais para o meu jardim. Hoje é tempo de escolher as sementes que quero plantar. Hoje é tempo de me conhecer. Hoje é o dia perfeito para regar em vez, novamente, de reclamar. Hoje é tempo de olhar com mais carinho para aqueles que quero por perto. Hoje é tempo de perdoar. Hoje é tempo de pedir perdão. Hoje é tempo de se priorizar. Hoje é tempo de plantar. Hoje é…

Carta ao meu antigo eu sobre o que é o amor...

Estive olhando algumas postagens antigas nas quais eu me perguntava e me questionava acerca de tudo e todos. Sempre fui assim e essa me parece ser uma característica eterna minha, sou curiosa e até vejo isso como algo positivo, porque somente a curiosidade me levou às respostas que tanto procurei... E em um dos meus grandes questionamentos de quando era mais nova era "o que era o amor?". Como leiga no assunto, naquela época, eu não sabia definir nada, muito menos o que era o amor. Eu sentia, admirava certas coisas, mas amar, eu não sabia, em palavras o que era. E é possível ver essa curiosidade sobre esse assunto com certa imaturidade nesse postagem aqui.

Então, relembrando minhas postagens antigas, um tanto quanto imaturas, eu decidi responder esse questionamento ao meu "eu" antigo. Decidi falar, por meio de palavras escritas e com um pouco mais de experiência agora, o que é o amor e o que é amar. Talvez tenha alguma menina ou menino tão curiosos e jovens quanto e…